Como fazer uma dieta saudável

Atualmente, diante de tantas dietas para emagrecer, podemos observar que os alimentos que consumimos têm influências diretas no funcionamento do nosso organismo, cérebro, pele, olhos, estado de espírito e na forma como vivemos o dia-a-dia. Viver bem principia na boca, por isso, é importante saber como seguir uma dieta saudável.
No entanto, uma dieta contrabalançada e nutritiva pode melhorar o sistema imunológico, aumentando assim sua saúde e diminuindo os riscos de obesidades, diabetes e pressão alta. Faça pequenas mudanças na sua alimentação, ao longo de algumas semanas, você perceberá os resultados. Dessa forma, você vai ser capaz de manter uma alimentação mais saudável e desfrutar dos benefícios de uma vida com mais qualidade.
É fundamental mudar a alimenação
Adotar uma dieta saudável é simplesmente modificar o nosso estilo de vida para sempre. De primeiro momento pode parecer um pouco assustador, mas a verdade é que essa mudança, pode proporcionar inúmeros benefícios. São pequenos passos, para começar introduzindo um novo hábito saudável, e em pouco tempo estará se sentindo bem melhor.
Segue alguns passos simples para uma dieta mais saudável

1. Comer em excesso
Devemos fazer mais refeições ao longo do dia para controlarmos melhor o apetite e não enchermos os pratos no período do almoço e o jantar.  E importante, comer de três em três horas, ou seja, faça um pequeno lanche a meio da manhã, a meio da tarde. Não pule nenhuma refeição.

2. Água
O consumo diário indicado desta bebida é de 1,5 a 2 litros, pode beber chá ,ou adicionar algumas gotas de limão, folhas de hortelã ou menta à sua água para um sabor refrescante e apetitoso.

3. Fruta e legumes
Além de proporcionar um colorido ao prato, é extremamente saudável. Faça uma boa sopa para iniciar ou preencher uma refeição ou até um arroz recheadinho de legumes – têm várias formas de introduzir os vegetais à mesa – seja criativo e em pouco tempo não vai viver sem os seus legumes. O mesmo aplica-se à fruta – as bananas, as maçãs e as peras foram feitas para ser usadas no seu dia a dia.

4. Carne ou peixe?
Sempre que possível, troque a carne vermelha pela carne branca (frango e peru), que tem um teor de gordura bem pequeno, e prefira sempre por grelhar a carne em vez de fritar. Relativamente ao peixe, busque colocar mais vezes em sua alimentação, pois é uma fonte de proteínas, rica em Ómega 3, muito importante em nossa saúde.

5. A preferência dos laticínios
Prefira, sempre pelas variedades magras em relação laticínios – leite, iogurte, queijo
6. De preferência a comidas integrais
Alguns motivos para escolher sempre alimentos integrais abrangem: possui poucas calorias, diminuem a absorção do colesterol, fornecem energia, ajuda no funcionamento do trato digestivo e intestinal.

7. Na hora do lanche, o que comer?
O lanche pode ser feito com escolhas saborosas e saciáveis: iogurtes de colher ou líquidos, um pão integral acompanhado de queijo fresco ou fiambre magro, barras de cereais, tostas e bolachas integrais, uma mão cheia de nozes ou amêndoas, é importante diversificar.

8- Saiba dizer não
Com certeza, uma dieta para corpo e mente demanda alguns sacrifícios, mas se ficar pensando nessas pequenas abstenções, vai vão trazer-lhe grandes benefícios. Extinga a palavra fritar da sua cozinha, deve suprir por grelhar ou assar. Diga não, aos alimentos processados industrialmente.

9. Diminua o sal e o açúcar
O sal em excesso é péssimo para o nosso coração, existem outras formas de temperar os nossos alimentos. Conheça outras especiarias e ervas aromáticas que nunca utilizou. Referente ao açúcar, não aconselhamos que tire de vez de sua alimentação, mas recomendamos uma redução no número de colheres que consume diariamente. Caso não saiba, o açúcar poderá estar de várias formas – glicose, frutose, sacarose, maltose, dextrose, melaço e xarope – por isso, é importante estar sempre atento aos rótulos para não ingerir o que não quer.

10. E as tentações, o que podemos fazer?
Adotar uma dieta saudável e equilibrada não constitui que nunca mais poderá comer uma pizza numa sexta-feira à noite após de uma semana cansativa ou deliciar-se com um refrescante gelado numa tarde de Verão. O que seria de nós sem estes pequenos prazeres da vida? Desde que isso se torne uma exceção e não a regra.

COMPARTILHE